top of page
  • Foto do escritorG5 Solar

Você sabe o que é Payback de Energia Solar?

Conheça mais sobre o termo e economize na sua conta de energia, por meio de uma fonte limpa, sustentável e inesgotável.


Conforme os últimos dados da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), são 25 GW em operação no país e mais de 1 milhão e 650 mil sistemas instalados, em residências, empresas, indústrias, negócios rurais, e até em setores e no poder público. Diante disso, é compreensível que algumas dúvidas possam surgir.

Com base nisso, no texto a seguir será possível descobrir o que é o termo Payback de energia solar e como ele pode impactar positivamente na sua conta de energia, a longo prazo.



Entenda mais sobre o termo

O Payback de Energia Solar é um importante indicador para aqueles que desejam investir em um sistema de energia solar. Essa medida mostra o tempo necessário para que o investimento se pague, considerando o valor gasto na instalação do sistema e os valores economizados na conta de energia elétrica ao longo do tempo.


De forma explícita, o mesmo se refere ao tempo que leva para a economia gerada pelo sistema de energia solar igualar ou superar o valor investido na sua instalação. Isso pode ser calculado a partir de diversos fatores, como a tarifa de energia elétrica da região, o custo dos equipamentos e a quantidade de energia gerada pelo sistema.


Este termo é forma de medida importantíssima, que visa avaliar a viabilidade econômica de um sistema de energia solar. Se o Payback for curto, o investimento se pagará rapidamente e o proprietário do sistema poderá usufruir dos benefícios da energia solar por um longo período. Por outro lado, se o Payback for muito longo, o investimento pode não ser tão vantajoso.


Além disso, ele trata-se de um indicador que pode ser usado para comparar diferentes sistemas de energia solar. Se dois sistemas têm preços semelhantes, mas um tem um Payback mais curto, é provável que seja uma escolha mais econômica.


Como é realizado o seu cálculo?

Para calculá-lo, é preciso considerar diversos fatores. O primeiro é o custo do sistema de energia solar, que inclui os painéis solares, inversores, cabeamento, suportes e outros equipamentos. O segundo fator é a quantidade de energia gerada pelo sistema, que depende do tamanho dos painéis solares e da localização do sistema.


Outro fator importante é a tarifa de energia elétrica da região, que afeta diretamente a economia gerada pelo sistema de energia solar. Quanto mais alta a tarifa, maior será a economia gerada pelo sistema e, consequentemente, mais rápido será o Payback.


Por fim, é preciso lembrar da vida útil do sistema, que varia consoante a qualidade dos equipamentos e as condições climáticas da região. Com base nesses fatores, é possível calcular o Payback de Energia Solar. Por exemplo, se um sistema de energia solar custar R$20.000 e economizar R$300 por mês na conta de energia elétrica, o Payback será de aproximadamente 5,5 anos. Ou seja, em 5 anos e 5 meses, o valor economizado na conta de energia elétrica será igual ao valor investido na instalação do sistema.


É importante salientar que ele pode variar bastante de acordo com cada caso. Em algumas regiões, a tarifa de energia elétrica pode ser muito alta, reduzindo o tempo de retorno do investimento. Em outras regiões, as condições climáticas podem ser menos favoráveis, o que pode diminuir a eficiência do sistema e aumentar o tempo de retorno.



Neste texto foi possível analisar apenas um dos indicadores a serem considerados na avaliação da viabilidade de um sistema de energia solar, não se esqueça que outros fatores, como a sustentabilidade ambiental e o aumento do valor imobiliário do imóvel, também devem ser considerados. Siga-nos nas redes sociais: g5solar_.


30 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page