top of page
  • Foto do escritorG5 Solar

Quando escolher microinversores para o sistema fotovoltaico?

Descubra a seguir como escolher o equipamento ideal para o seu sistema solar


Ao montar um sistema de energia solar fotovoltaica, é importante escolher os equipamentos adequados para garantir o melhor desempenho e eficiência. Uma das opções disponíveis no mercado são os microinversores, dispositivos eletrônicos utilizados para converter a energia gerada pelos painéis solares em corrente alternada, que pode ser usada na rede elétrica ou armazenada em baterias.


Os microinversores têm algumas vantagens em relação aos inversores convencionais, responsáveis por converter a energia gerada por vários painéis solares em uma única corrente alternada. Uma dessas vantagens é a possibilidade de otimização individual da produção de cada painel solar, o que aumenta a eficiência do sistema na totalidade. Além disso, os microinversores podem ser instalados diretamente nos painéis solares, o que reduz a complexidade do sistema e facilita a manutenção.


No entanto, nem sempre os microinversores são a melhor opção para um sistema de energia solar fotovoltaica. É importante considerar algumas questões para decidir. A seguir, descubra alguns pontos que devem ser considerados ao escolher microinversores para o sistema fotovoltaico.



Considere o tamanho do sistema

O tamanho do sistema de energia solar fotovoltaica é um fator importante a ser considerado ao escolher microinversores. Para sistemas menores, com poucos painéis solares, os microinversores podem ser uma boa escolha, já que cada painel terá seu próprio microinversor, aumentando a eficiência do sistema. No entanto, para sistemas maiores, com muitos painéis solares, pode ser mais vantajoso utilizar inversores convencionais, com uma capacidade maior de conversão de energia e são mais adequados para lidar com excesso de energia.


Local de instalação

O ambiente de instalação dos painéis solares também é um fator importante a ser considerado ao escolher microinversores. Se o sistema for instalado em um ambiente com sombreamento parcial ou variação na inclinação dos painéis, os microinversores podem ser mais vantajosos, já que cada painel terá seu próprio micro inversor e poderá produzir energia independentemente dos outros painéis. Por outro lado, se o sistema for instalado em um ambiente com sombreamento mínimo e painéis bem alinhados, os inversores convencionais podem ser mais adequados.


Gastos

Os microinversores geralmente são mais caros do que os inversores convencionais. Isso significa que, para sistemas maiores, o custo total do sistema pode ser significativamente maior se forem usados microinversores em vez de inversores convencionais. No entanto, em sistemas menores, o custo adicional dos microinversores pode ser compensado pela eficiência adicional que eles proporcionam.


Facilidade na hora da manutenção

Os microinversores têm a vantagem de serem mais fáceis de manter do que os inversores convencionais. Como cada painel tem seu próprio microinversor, é mais fácil identificar e corrigir falhas em um painel específico, sem afetar o desempenho dos outros painéis do sistema. Além disso, os microinversores são projetados para durar mais


Não perca nenhuma novidade no setor e nos siga nas redes sociais: @g5solar_


44 visualizações0 comentário
bottom of page