• G5 Solar

Como instalar energia solar em sua residência



Instalar Energia Solar em sua residência vai possibilitar inúmeras vantagens, a melhor delas é, sem dúvidas, a grande economia que pode chegar até 99%.


Realizar a instalação de um Sistema de Energia Solar é um processo muito rápido. Entretanto, exige alguns cuidados imprescindíveis para não comprometer o desempenho do equipamento. Acompanhe!


5 passos para instalar Energia Solar de forma segura e eficiente


1. Incidência da radiação solar


Um dos primeiros fatores que deve ser analisado com atenção é a incidência da radiação solar no imóvel, que pode variar de local para local.


Caso não haja uma boa incidência da luz do sol em determinados momentos do dia, é possível realizar uma adequação da estrutura do telhado em relação à luz solar. Dessa maneira, a instalação do sistema será puramente estratégica com o objetivo de aumentar a captação de energia solar.


2. Analise a sua demanda energética


O segundo passo é analisar a sua demanda energética e verificar qual será a economia obtida ao longo dos próximos anos.


Você pode fazer uma simulação em uma de nossas empresas associadas para ter uma ideia de como ficará o novo valor da sua conta de luz. Isso vai te ajudar a ter um panorama real da sua necessidade e buscar a melhor solução de eficiência energética.


3. Conheça os componentes de um sistema solar


O sistema fotovoltaico possui componentes essenciais que precisam ser instalados da forma correta para otimizar o desempenho do equipamento solar.


De modo geral, possui dois blocos componentes básicos, veja quais são:


  • Bloco gerador: módulos solares, cabos de conexão e estruturas de sustentação;

  • Bloco de condicionamento de potência: inversor solar e controlador de carga.


4. Autorização da distribuidora de energia


Antes de realizar a instalação do sistema, é importante solicitar a autorização da sua distribuidora de energia. Além disso, é preciso verificar quais são as políticas relacionadas à instalação de placas fotovoltaicas da sua região. Pode ser que haja algumas particularidades.


Com a autorização em mãos, você poderá solicitar a substituição do relógio tradicional para o relógio bidirecional. Esse equipamento vai registrar corretamente qual é a demanda energética da sua casa e qual é o potencial energético gerado pelo sistema fotovoltaico.


Da mesma forma, será capaz de registrar os créditos de energia que poderão ser utilizados para quitar as próximas faturas de luz.


5. Contrate uma equipe de profissionais capacitados


Não adianta, por mais que a instalação seja simples e rápida, qualquer erro de conexão ou instalação pode comprometer o funcionamento do sistema. Nesse caso, ao invés de economizar dinheiro, você precisará desembolsar para eventuais consertos e substituições.


Só um profissional que atua há anos no mercado será capaz de realizar um projeto completo e personalizado para o seu tipo de necessidade.


Por isso, é importante escolher a empresa com muito cuidado a atenção a esses principais aspectos citados.

Caso deseje verificar a viabilidade de um projeto em sua residência, conheça nossas empresas associadas e solicite mais informações!

12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo